13.10.10

Rescaldo da Moda Lisboa


Apercebi-me que não sou do mundo da moda, a minha percepção é apenas a de encontrar coisas que gosto e coisas que não gosto, das criações e ideias que levo para a minha costureira fazer, de tecidos, do toque e da textura, das imagens e da fotografia. Acho que nesse mundo apenas gostaria de ser fotógrafa. Essa é a parte que eu prefiro no meio daquele mundo de gosto e de falta dele. Porque afinal de contas quem pode dizer o que está IN ou OUT quando um outfit fica magnifico num corpo magro mas fica ridiculo num corpo gordo. Esse outfit pode estar IN mas a pessoa que o está a usar, pode estar completamente OUT. Existem corpos e roupas que é impossível conjugar. Por momentos deixei-me levar pela ideia, mas parece que me devo remeter ao meu próprio mundo, do qual gosto bastante, assim como do meu corpo, por mais defeitos que ele tenha aos olhos dos outros. Mas seria bom que os senhores e senhoras da Moda Portuguesa começassem a olhar um bocado para o exemplo acima e outros que tais, que têm aparecido pelas principais revistas de moda internacionais.









Sem comentários: