9.2.09

The possibilities to live...

artist: lenkapittnerova
O fim de semana passou por mim e eu nem o vi passar...acho que precisava de outro já a seguir para recuperar das andanças...e tudo começou na sexta-feira à noite com um copo de ginginha. Saí do trabalho directa a 7rios ao encontro da Bags, tomamos a direcção dos restauradores e acompanhada por uma ginginha sou encontrada pelo meu colega de carteira do secundário que não via à bastantes anos, tantos que nem eu nem ele sabiamos que morávamos os dois em Lx. Fiquei tão entusiasmada que acabei por contar pormenores engraçados à moça que estava com ele e que eu deduzi (nem sei se bem ou mal) que seria a namorada (muito simpática por sinal!). O João era quanto a mim o moço mais inteligente da turma, sincero e honesto, tinha por hábito desenhar pénis nos meus cadernos, não sei se numa tentativa infrutifera de me fazer chatear com ele. Não conseguia, principalmente porque via nele a imagem de um menino perdido. Fiquei imensamente contente de o re-encontrar e foi notória a maior confiança que tem em si nos dias de hoje. Fico feliz por ele!

Voltei para junto das minhas companheiras de ginja e de jantar que durou a noite toda, assim como a conversa, com a colaboração de um grupo muito engraçado. Cheguei a casa eram 7:15, a hora que tinha acordado no dia anterior, dormi até às 14:30 altura em que me telefonaram para uma ida ao Ikea. Pois talvez não seria o melhor sitio onde ir a um sábado à tarde, mas eu precisava de uma cadeira para o meu quarto, que tive de montar quando cheguei a casa. A sorte é que aquilo é fácil! Mas assim que entrei saí para um passeio pelo Chiado...querem lá coisa melhor???!!! Voltei a casa, descansei um bocado e saí de novo para a noite...dancei até cair para o lado ou quase, com a cãibra que me deu enquanto descia as escadas do que tinha sido naquela noite uma vista incrivel e uma música bem misturada. Ao longo da noite, senti que já não estava habituada aos encontrões e empurrões dos sitios demasiado cheios, mas já sentia falta de me soltar e de dançar por uma noite...sem me preocupar com o resto...Soube bem! O domingo foi passado a dormir, que bem precisava e a fazer tudo aquilo que não fiz no sábado, o que incluiu mudar o meu quarto de uma ponta à outra! :)

Foi um bom fim de semana, mas já percebi que não o conseguiria repetir muitas vezes, estou demasiado habituada aos meus fins de semana mais tranquilos com uma boa dose de descanso e passeio pela cidade! A verdade é que gosto de tudo: sair, ficar em casa, andar a mil, passear por Lx, ler um livro, ver tv, passear pela net, escrever...e mais do que isso gosto de saber que posso fazer tudo...

1 comentário:

Pedro Barata disse...

Sempre na borga. Mas na verdade penso como tu, há fins-de-semana para as mais diversas coisas! Sempre igual também era chato, não é?
Beijinhos