14.8.08

Percebes?

artist: Zindy
Às vezes esqueço-me de que este espaço é público e passivel de ser lido por pessoas que desconheço. Não é uma coisa nem boa nem má, simplesmente fico surpresa de cada vez que percebo que existem pessoas que se identificam com algumas das coisas que escrevo, que existem pessoas que apesar de nunca comentarem ou de raramente se manifestarem, partilham da leitura dos meus pensamentos, que poderiam ter sido deles num determinado momento....

Se calhar pensamos sempre que somos únicos, que ninguém sente as coisas da mesma forma que nós, que o sofrimento que sentimos, sendo impossivel de ser compreendido por nós, não o será certamente por outros, que os momentos esporádicos de felicidade são tão momentaneos que nos fogem das mãos...pensamos ser únicos e ter a solidão por certa. Tentamos (alguns) não enlouquecer com ela e fugir-lhe até que se nos esgotem as forças...para bem de alguns elas nunca esgotam, para mal de outros...elas parecem padecer de uma existência demasiado frágil. E para isso servem os outros...e as palavras deles...para nos darem forças, para diminuirem o peso da sombra que ameaça a todo o minuto derrubar as escassas tentativas de luz na vida...

Percebes?

Sem comentários: