23.7.08

By others...

Quando a inspiração falha e os outros escrevem tão bem aquilo que não consigo dizer resta:

os homens fugiram. têm medo de mulheres inteligentes, emancipadas e com atitude. é intrínseco à sua natureza, porque o é há demasiado tempo, que os homens perseguem as mulheres, os homens conquistam as mulheres e as mulheres esperam por eles em casa. não faz parte do quotidiano as mulheres convidarem homens para sair, fazerem sexo por sexo sem teres que ouvir o discurso do não-te-quero-magoar, como se fossem sempre as vítimas. na verdade os homens acham-nos indefesas, mas são machistas o suficiente para chamarem as mulheres de putas se querem fazer o mesmo que eles. portanto não são bem as vítimas, as mulheres são aquilo que tiverem de ser para justificar as teorias machistas da sociedade em geral. os homens não estão preparados para que uma mulher os domine assim a olho nú. ficam inibidos com uma mulher que os trate de igual para igual, seja independente ao invés de uma flor de estufa que tem escrito na testa por-favor-casa-comigo-que-eu-tenho-medo-de-morrer-sozinha. há mulheres que simplesmente gostam de viver e usufruem da sua solteirice crónica para fazer as suas vidas, ter as suas casas e atitude. não quero com isto dizer que as mulheres que casam não têm atitude, estou só a dizer que a vida é uma selva para uma mulher que tem atitude e não está casada, nem namora há mais anos que aqueles que viveu. pronto, não é sempre assim, e eu sei, os homens não são todos iguais e mais não sei quê não sei que mais. mas não interessa. os homens não estão preparados para um mundo onde as mulheres são autónomas e capazes e inteligentes e sabem tanto ou mais que eles: é genético, é social e está entranhado nas vidas de toda a gente. não é completamente explícito, nem sequer é completamente declarado, ou sempre ou por todos, mas está lá.

Sem comentários: