1.12.07

Noites...


As noites têm destas coisas...a minha novela mexicana é maior que a tua! Toques, gestos, mensagens, abraços diferentes, mordidelas provocadoras, jogos de sedução que não passam disso mesmo, regados com alcool que retira todas as inibições existentes! Mas fica por isso! Confissões das que nunca sequer se consideraram, nem sequer o nosso ser pensou sobre tais...mas de repente elas saem sob a forma de palavras atropeladas, fazendo completa conexão com o que realmente sentimos e pensamos...que é tão diferente da forma como mostramos ser ao mundo! De dia fortes..de noite verdadeiras! Não fracas, não vacas, simplesmente humanas, com defeitos e virtudes que ninguém pode condenar ou sequer julgar! Ninguém tem esse direito porque todos somos assim! Sentimos, e quando o fazemos nada mais importa, apenas aquilo que sentimento nos trás, quer seja felicidade, sob a forma de uma atençao especial e inesperada, quer confusão, sob a forma de turbilhão sentimental...afinal de contas quem pode julgar o outro por sentir...apenas o próprio sabe o que sente, porque sente, e como é dificil deixar de sentir...

Tinha muito mais para dizer...(ao toque de bebida!) mas amanha levanto cedo e considerando que já é uma sorte apresentar este texto sem erros de maior...digo-vos boa noite e farewell! Xau!

5 comentários:

Lux Lisbon disse...

Hmmm...essas noites guardam segredos...:) doces?

Stella Maris disse...

O que andas a tu a beber? Tenho que ir ter contigo...

nika_liu disse...

Não existem segredos, nem doces nem amargos, o que existiu foi dois belos copos de sangria bem servida seguidos de dois outros de vodka redbull! Como o hábito não faz o monge...

Sadeek disse...

Bom dia Nika.

Pois já vi que essa foi uma noite daquelas "bravas"...o que é bom, de quando em vez, para se desanuviar...

Beijos

Miss K. disse...

eu nem vou comentar o estado em que escreveste este post. não vou dizer nada. absolutamente nada. senão tinha de escrever outro post e era uma grande merda...

mas valeu a pena, não valeu? ;)